Olá, seja bem-vindo (a)!
Quarta-feira, 25 de Abril de 2018
NOTÍCIAS
19-12-2017 | 08:22
Estado e Prefeitura de Cuiabá devem firmar convênio em janeiro para novo Pronto-Socorro
O novo Pronto-Socorro de Cuiabá está sendo construído em um terreno de 20 hectares no bairro Ribeirão do Lipa, e segue com 85% da obra já concluída.

Tchélo Figueiredo/Secom-Cuiabá

O governador Pedro Taques visitou, nesta segunda-feira (18), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, na sede da Prefeitura da capital. Os chefes dos executivos municipal e estadual falaram sobre o processo de licitação e modelo de compra dos equipamentos para o novo Pronto-Socorro de Cuiabá. O hospital, orçado em R$ 80 milhões, conta com repasses do Governo do Estado na ordem de R$ 51 milhões, que seguem em dia. Atualmente, 85% da obra está concluída.

A Prefeitura de Cuiabá, em conjunto às secretarias de Saúde do Município e do Estado, assim como as Procuradorias Gerais dos dois executivos, estão fechando o melhor modelo de licitação.

O convênio entre Estado e Prefeitura deve ser fechado na primeira quinzena de janeiro de 2018, tendo em vista que emendas da bancada federal, na ordem de R$ 100 milhões, seguem para o Executivo Estadual, que, em parceria com a Prefeitura, fará a compra dos equipamentos para o novo hospital.

“Entendemos por bem que a emenda da bancada federal em Brasília iria para custeio para Pronto-Socorro. Firmaremos um convênio com o município para equipar o hospital. A Prefeitura já está trabalhando no melhor modelo de fazer essas compras. Quando a emenda da bancada vir para o Governo, vamos pagar parte da dívida com a saúde nos demais municípios e vamos assinar esse convenio com Cuiabá. Vale lembrar que o custeio do Estado com hospitais pelo interior é de R$ 55 milhões mensais e precisamos colocar isso em dia”, afirmou Pedro Taques.

Segundo ele, as procuradorias gerais do Estado e Município já seguem trabalhando juntas pelo convênio. “Os procuradores já estão conversando e vão fazer as tratativas para assinarmos ainda na primeira quinzena de janeiro. Trata-se de um hospital de 315 leitos que é tão importante para a capital, quanto para todo o Estado, pois sabemos que 40% dos atendimentos aqui são de pessoas do interior”.

De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, a lista dos equipamentos a serem comprados, foco do convênio, segue em fase final de elaboração. “Apresentamos nossa proposta inicial de gestão e de licitação na reunião com o governador. Só faltam os ajustes técnicos da especificação de mais de 12 mil itens que precisam ser comprados. Estamos fazendo a conferência de cada um desses itens para tornar pública a licitação e consolidarmos o calendário para inauguração do novo Pronto-Socorro”, afirmou o prefeito.

Novo Pronto-Socorro

O novo Pronto-Socorro de Cuiabá está sendo construído em um terreno de 20 hectares no bairro Ribeirão do Lipa, e segue com 85% da obra já concluída.

O hospital será dividido em três setores, com leitos, centro de diagnósticos e centro ambulatorial. A unidade terá acessos pela Avenida Miguel Sutil e pelo bairro Despraiado e também deverá contar com 444 vagas de estacionamento e um heliponto.

Euziany Teodoro | Gcom-MT
Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso - Intermunicipal
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193, Centro Político Administrativo
Centro Sindical do Sistema FIEMT - Cuiabá-MT - CEP: 78049-940 - Tel.: (65) 3627-3020
Anuncie - Política de Privacidade
2014 -Todos os Direitos Reservados
V3 Agência Web