Olá, seja bem-vindo (a)!
Domingo, 18 de Novembro de 2018
NOTÍCIAS
14-09-2018 | 09:17
Blairo Maggi viabiliza R$ 100 milhões e pede obra concluída até dezembro
'Várias obras serão concluídas até o final do ano e essa obra foi incluída por Temer', disse ministro.

Divulgação

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão publicou, nesta quinta-feira (13), uma portaria ampliando em R$ 134 milhões a programação orçamentária e financeira da Pasta. Deste total, R$ 100 milhões serão destinados para a construção do novo Pronto-Socorro de Cuiabá.

A informação foi confirmada pelo ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP), que articulou o recurso junto ao presidente Michel Temer (MDB).

Ao MidiaNews, Maggi disse que, deste total, R$ 70 milhões serão destinados para compra de equipamentos e para colocar a unidade em funcionamento. Outros R$ 30 milhões serão para conclusão da obra, que já passa dos 70% de finalização.

“Não se trata de emenda parlamentar. É um recurso disponível do Tesouro que o presidente Temer está destinando para Cuiabá. Uma articulação que fiz junto a ele. Várias obras serão concluídas até o final do ano. Ainda no governo do presidente Temer e essa obra foi incluída”, disse o ministro.

Segundo Blairo, os técnicos do Governo Federal vieram a Cuiabá nesta quinta fazer uma vistoria na obra para se certificar de todos os apontamentos apresentados pela Prefeitura de Cuiabá.

A ideia, de acordo com o ministro, é que assim que o recurso for liberado a obra acelere e seja concluída ainda este ano.

“Se tudo ocorrer bem nessa visita, na semana que vem, o presidente, lá em Brasília, vai anunciar os recursos para cá. Ainda estamos na fase de levantamento, mas o valor já está assegurado. Já foi publicada a expansão do limite para área de Saúde”, afirmou.

“Está tudo andando bem. Não vejo nenhum inconveniente de não acontecer. Esse é o caminho. E a Prefeitura de Cuiabá terá que colocar gente para fazer a obra andar para no final do ano inaugurar”, completou.

Obra  

Conforme o projeto da obra, o novo Pronto-Socorro terá 309 leitos, sendo 60 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

A obra está orçada em R$ 79,6 milhões. Setenta por cento dos recursos são de responsabilidade do Governo do Estado e os outros 30% correspondem à contrapartida da Prefeitura.

A unidade será especializada em cirurgia geral, clínica médica, pediatria, cirurgia pediátrica, cardiologia, oncologia e tratamento de queimados.

Também deverão ser oferecidos serviços de radiologia, ultrassonografia, endoscopia digestiva, análises clínicas, eco cardiograma, eletroencefalografia, fisioterapia e colonoscopia.

O hospital ainda contará com consultórios de urologia, ginecologia, cardiologia e clínica geral.

 

Douglas Trielli, Midia News
Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso - Sinduscon-MT
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193, Centro Político Administrativo
Centro Sindical do Sistema FIEMT - Cuiabá-MT - CEP: 78049-940 - Tel.: (65) 3627-3020
Anuncie - Política de Privacidade
2014 -Todos os Direitos Reservados
V3 Agência Web