Olá, seja bem-vindo (a)!
Sábado, 21 de Julho de 2018
NOTÍCIAS
08-02-2018 | 16:23
Sinduscon-MT faz interlocução junto à Seduc por pagamento de construtoras
Empresas enfrentam dificuldades para manter a saúde financeira face a falta de regularidade no recebimento das medições.

Anderson Pinho, Assessoria de Imprensa do Sinduscon-MT

O presidente Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscon-MT), Julio Flávio Campos de Miranda, liderou uma comitiva de empresários da construção civil em uma reunião ocorrida nesta quarta-feira (7), à tarde, na Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc/MT), no Centro Político e Administrativo, em Cuiabá.  O pedido de reunião atendeu pedido das empresas associadas ao sindicato.

O grupo foi recebido pelo secretário Adjunto Executivo Nelson Correa Viana, Alan Resende Porto (Adjunto de Obras da Educação), Douglas de Jesus (Adjunto de Administração, Aquisição e Tecnologia da Informação) e Josiane Fátima de Andrade (Adjunta de Gestão Financeira e Convênios da Educação).

Eles conversaram por duas horas e meia e discutiram questões relacionadas às demandas do setor construtivo. O encontro tratou de problemas enfrentados por construtoras que executam/executaram obras da pasta como realização e recebimento das medições, termo de entrega definitiva da obra, aprovação de aditivos de prazo e de reajuste contratual pela assessoria jurídica, bem bom como outros assuntos.

Miranda colocou que muitas empresas fizeram o dever de casa, promovendo uma redução em suas estruturas, cortando custos e criando maneiras de sobrevivência em relação à situação política e econômica do país e estado. Por outro lado, o dirigente enfatizou que essas medidas não são suficientes para avançar, especialmente pelas empresas que possuem contrato com a Seduc e que enfrentam problemas para recebimento.

“A gente compreende que o estado passa por dificuldades, mas por outro lado as empresas possuem obrigações para com fornecedores e funcionários e prazo para a entrega da obra. Grande parte do pagamento para com fornecedores é feito a cada 30 dias. Quando a Seduc deixa de cumprir o pagamento para com a empresa, a empresa enfrenta dificuldades de honrar suas obrigações para com o estado e para com a sociedade”, ponderou.

As queixas do segmento construtivo também passam pela preocupação de que enquanto há pendências financeiras relativas ao ano de 2017, o Estado continua lançando obras em 2018.  

"São problemas comuns, temos consciência disso. Tem a questão do fluxo financeiro uma vez que temos dificuldades com o caixa central que não é de nossa responsabilidade. Isso causa impacto no cronograma da empresa, também sabemos. Vocês são sabedores das dificuldades de caixa que o governo tem em relação às suas obrigações, pois precisa fazer  e investimentos porque a lei determina”, destacou Nelson Correa Viana.

O secretario Executivo Adjunto afirmou que os pedidos de reajuste contratual serão tratados pontualmente e que a orientação é de que o prazo para o pleito é a partir da data de apresentação da proposta. 

O empresário Leonardo Guimarães Rodrigues ponderou que em relação ao último encontro do segmento construtivo com dirigentes da Seduc houve avanços importantes no tocante ao rito administrativo para realização e pagamento das medições. “Temos que parabenizar a equipe pelos problemas que já foram resolvidos e nos empenhar para que os que restam sejam também resolvidos”, disse.

Segundo a própria Seduc, restam pouco menos R$ 1,5 milhão em  pagamentos por obras para honrar com as construtoras relativos ao ano de 2017 e que as obras de 2018 estão seguindo trâmite normal de medição e pagamento.

Houve um comprometimento de Alan Porto em receber empresários para tratar pontualmente dos problemas das empresas que possuem outras implicações, sejam documentais ou não.

Anderson Pinho, Assessoria de Imprensa do Sinduscon-MT
Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso - Intermunicipal
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193, Centro Político Administrativo
Centro Sindical do Sistema FIEMT - Cuiabá-MT - CEP: 78049-940 - Tel.: (65) 3627-3020
Anuncie - Política de Privacidade
2014 -Todos os Direitos Reservados
V3 Agência Web