Olá, seja bem-vindo (a)!
Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018
NOTÍCIAS
11-08-2016 | 10:43
Sinduscon-MT participa de reunião com Michel Temer, em Brasília
Evento coordenado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) terá a presença de 800 pessoas ligadas à construção civil no país

Anderson Pinho, Assessoria de Imprensa do Sinduscon-MT

Uma comitiva com 18 empresários da indústria da construção em Mato Grosso participa nesta quinta-feira (11), em Brasília, do “Encontro com a Construção Civil: unindo forças para construir o futuro do Brasil”. O evento, organizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), terá a presença do presidente da República interino Michel Temer. Os presidentes do Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscon/MT), Julio Flávio Campos de Miranda e o do Sinduscon-Sul-MT, Wagner Gasbarro Nascimento, também participam do encontro. 

Entre as mais de 800 pessoas ligadas à indústria da construção que confirmaram presença para o evento estão dirigentes de 98 entidades, empresários e trabalhadores de todos os segmentos da construção civil, tais como construtoras, incorporadoras, mercado imobiliário, fabricantes de material de construção, lojistas, projetistas, arquitetos, engenheiro, dentre outros. O objetivo é demonstrar ao presidente interino a importância do setor para o desenvolvimento nacional e dar apoio às ações necessárias à retomada do crescimento e ao restabelecimento de um ambiente de normalidade no país.

“O Brasil hoje é um doente terminal que estabilizou na UTI. Agora, precisa sair de lá”, diz José Carlos Martins, presidente da CBIC. “Esse é o momento de construirmos uma arrancada e reanimar a economia. A construção civil tem grande contribuição a dar, pois é um setor que responde rápido na geração de emprego e renda”. 

Cezário Siqueira Gonçalves Neto, integrante do Conselho da Administração da CBIC, analisa que a palavra de ordem é recuperação da economia: da confiança e até mesmo da autoestima, através de um novo ciclo de crescimento sustentável do setor da construção, através de reformas estruturais das relações de negócios e de trabalho com segurança jurídica e controle de gastos públicos.

“A construção é alicerce fundamental de qualquer proposta de crescimento do país e Mato grosso não poderia ficar fora desse movimento. Somos pioneiros e sempre cumprimos as metas de construção e contratação de programas habitacionais e de infraestrutura”, destaca ele que é conselheiro fiscal da CBIC.

Julio Flávio Miranda salienta que é grande a expectativa diante das novas medidas que serão anunciadas pelo governo federal. “Nosso setor quer não só hipotecar apoio ao presidente interino, mas cobrar as ações pela retomada do crescimento das empresas, para que elas voltem a lançar empreendimentos, a contratar mão de obra e fomentar o desenvolvimento do país”, destaca Julio Flávio Miranda. 

A agenda da construção inclui também adoção de mecanismos para o melhor controle dos gastos públicos, o aperfeiçoamento da modelagem e maior celeridade nos projetos de concessões e Parcerias Público-Privadas (PPP), de modo que mais empresas possam participar das licitações e outros segmentos sejam agregados. 

Anderson Pinho, Assessoria de Imprensa do Sinduscon-MT
Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso - Sinduscon-MT
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193, Centro Político Administrativo
Centro Sindical do Sistema FIEMT - Cuiabá-MT - CEP: 78049-940 - Tel.: (65) 3627-3020
Anuncie - Política de Privacidade
2014 -Todos os Direitos Reservados
V3 Agência Web